Paulo Bornhausen
Participe

Saiba o que o Paulo quer fazer no Senado

Paulo quer ser senador porque acredita que pode fazer muito por Santa Catarina

Paulo Bornhausen conhece o nosso estado e conhece os bons caminhos de Brasília.

Paulo foi deputado estadual, deputado federal e, nos últimos três anos, secretário de governo. Esta última experiência ajudou muito porque ele não ficou isolado no gabinete, em Florianópolis: viajou pelo estado todo, conversou com as pessoas, foi ver os problemas de perto. Paulo conhece o estado e sabe quais são as nossas forças e as nossas fragilidades. Paulo pensa que não falta aos catarinenses talento, garra ou força de vontade – e que as nossas dificuldades são fruto de 11 anos de descaso do governo federal com Santa Catarina.

Eleito três vezes Deputado Federal, Paulo Bornhausen é um parlamentar respeitado, que conhece os bons caminhos de Brasília – os caminhos que podem trazer mais recursos para o nosso estado. Recursos que são nossos de direito.

Paulo quer ser senador para seguir trabalhando pelo desenvolvimento de Santa Catarina

Paulo Bornhausen vai trabalhar para fortalecer todos os setores da economia catarinense: a indústria, o comércio, o agronegócio e as micro e pequenas empresas de Santa Catarina. Ele fez como secretário de governo e vai fazer como senador.

Paulo sabe que o povo catarinense é trabalhador. Da costureira ao grande industrial, do pequeno agricultor ao grande comerciante: quem trabalha, estuda e se dedica para ter uma vida melhor sempre pode contar o Paulo.

Paulo quer ser senador para rever o pacto federativo e trazer mais verbas de Brasília para Santa Catarina

Paulo Bornhausen sabe que a maior parte dos impostos que são arrecadados aqui no Estado vão para Brasília e ficam lá, nas mãos do governo federal. De cada cinco reais que Santa Catarina manda para Brasília, apenas um retorna para que que os prefeitos possam fazer, por exemplo, postos de saúde, escolas e obras de saneamento.

Paulo quer ser senador para mudar isto. E traz na bagagem a experiência de batalhas duras que travou na Câmara Federal, como a da aprovação do Ficha Limpa e a do fim da CPMF.

Paulo quer ser senador para impedir novos aumentos de taxas e impostos

Paulo Bornhausen já ganhou esta batalha uma vez, quando derrubou, com apoio da maioria da população, a CPMF. Entre dar o dinheiro para o governo ou deixá-lo com o cidadão, Paulo acredita que é melhor deixá-lo com o cidadão, que sempre sabe, melhor do que ninguém, como gastar o próprio dinheiro.

Paulo sabe que com menos impostos, todo mundo sai ganhando. Os preços caem, o consumidor tem mais dinheiro no bolso e, com isto, as empresas crescem e geram mais empregos.

Paulo quer ser senador para seguir lutando pela ética na política

Paulo Bornhausen sabe que o dinheiro público tem dono: ele é da população, que trabalha duro para pagar os impostos.

Como a maioria dos brasileiros, Paulo acredita que ser ético é obrigação de todo o político – e que quem não for, não pode ocupar um cargo público. Por isso Paulo lutou pela aprovação do Ficha Limpa – o projeto de lei que impede a candidatura de pessoas com condenações na Justiça.

Eleito senador, Paulo vai seguir lutando para que governantes e políticos tratem com seriedade o dinheiro público.

Paulo quer ser senador para trazer um hospital da Rede Sarah para Santa Catarina

A Rede Sarah de Hospitais é uma referência internacional em reabilitação. No Sarah, vítimas de acidentes, ou de doenças, que precisam se recuperar – ou reaprender a viver com uma nova realidade que a vida lhes impôs – recebem um atendimento, gratuito, de primeiro mundo.

O projeto para trazer uma unidade da Rede Sarah para Santa Catarina já existe, mas não andou. Em 2007, o Estado chegou a firmar um protocolo de intenções para erguer uma unidade da rede aqui. Porém,  os planos foram adiados. É uma luta difícil mesmo. Como no caso da BMW, há outros estados disputando.

Mas o Paulo sabe que esta é uma luta que vale a pena. Porque trazer o Sarah para Santa Catarina é uma ação que vai beneficiar milhares de pessoas que enfrentam uma dura realidade – na qual a gente, muitas vezes, só pensa quando acontece perto de nós.

Paulo quer ser senador para lutar por mais investimentos na saúde

Muitos prometem melhorar a saúde pública, mas poucos dizem como vão fazer isso. Quem conhece o Paulo Bornhausen, sabe que ele não fica de conversa, ele vai lá e faz. Foi assim com o movimento Ficha Limpa, que Paulo se empenhou em aprovar no Congresso Nacional, e vai ser assim com o Saúde+10.

O Saúde +10 é um movimento popular que pretende destinar 10% da arrecadação de impostos para investimentos na área da saúde. A mobilização já reuniu 2 mil assinaturas e o projeto de Lei já está no Congresso Nacional esperando para ser aprovado. Estamos quase lá! Paulo
Bornhausen abraçou esta causa e vai lutar para torná-la realidade.

Paulo Bornhausen quer ser senador para fortalecer a segurança pública

Santa Catarina precisa de programas de segurança pública e profissionais valorizados. Para isso, há dois projetos importantes no Congresso Nacional que precisam sair do papel: a PEC 17/2007 e a PEC 275/2008. A primeira aplica mais investimentos na área. A segunda, garante a criação de Conselhos Municipais de Segurança (CONSEG) nos municípios.

As duas estão paradas há quase uma década. Um desafio sob medida para Paulo Bornhausen,  que conhece os bons caminhos de Brasília e sabe fazer acontecer. Foi assim com o movimento Ficha Limpa e com o fim da CPMF, que Paulo trabalhou para aprovar no Congresso Nacional. Eleito senador, Paulo vai lutar para garantir mais segurança para os catarinenses.

Paulo Bornhausen quer ser senador para defender as cooperativas

Hoje as cooperativas pagam imposto dobrado no Brasil: uma vez como pessoa física e outra vez como pessoa jurídica. É o que chamamos de bitributação. Paulo Bornhausen sempre lutou pela redução dos impostos e vai trabalhar para acabar com a bitributação das cooperativas.

Este é um passo importante para o desenvolvimento econômico de mais 1,6 milhão de famílias catarinenses que dependem das cooperativas para sobreviver. O Paulo sabe disso e também vai buscar programas de crédito, inspirados no Juro Zero, para cooperativas e cooperados em Santa Catarina.

Paulo quer ser senador para criar oportunidades e melhores empregos para jovens e adultos

Hoje, milhares de catarinenses recebem um novo impulso em suas carreiras através do Geração TEC, programa que oferece cursos gratuitos na área de tecnologia. Mas Paulo Bornhausen acredita que podemos ir ainda mais longe.

Por isso, no Senado, Paulo vai trabalhar para trazer recursos federais para este tipo de programa.

A experiência do Geração TEC mostra que promover cursos de capacitação rápidos e gratuitos, voltados para as vagas que estão abertas em cada região, é uma forma rápida e eficaz de garantir o acesso de jovens e adultos a melhores empregos.

Paulo quer ser senador para defender o agronegócio catarinense

O agronegócio catarinense produz muito, mas poderia lucrar muito mais. Paulo Bornhausen sabe que a produção agrícola do estado sofre por conta das condições das estradas, por questões de logística e de transporte.

Por isso, Paulo vai lutar no Senado para garantir duplicação da BR-282, da BR-470 e da BR-280, bem como pela construção das ferrovias Norte/Sul, da Integração e Litorânea. São obras fundamentais, que vão impulsionar o desenvolvimento do agronegócio em Santa Catarina, tornar nossos produtos mais competitivos e melhorar a qualidade de vida dos produtores rurais.

Voltar ao Topo

Biografia Saiba mais Paulo Faz Acontecer Saiba mais